No inverno é sempre mais difícil ter aquela disposição para ir à academia, muitas pessoas preferem o aconchego da cama a uma boa dose de endorfina, mas a verdade é que para o nosso corpo, não importa se está frio ou calor o fato é que se você estiver dedicado tanto no frio quanto no calor verá com certeza resultados o ano todo, principalmente no verão onde todos querem apresentar um bom físico para ir à praia .
No inverno o movimento nas academias cai de 20 a 30%,Diversos estudos têm sido realizados para abordar a temática do comportamento relacionado à prática de atividades físicas, identificando a existência de determinantes para esse comportamento (Dishman, 1994; Sallis &Owen, 1999). Quanto aos elementos estudados, pode-se agrupá-los em determinantes pessoais, psicológicos, ambientais e as características da atividade (Marcus, 1995; Sallis & Owen, 1999, Gould & Weinberg, 2000).
Para continuar motivado no frio seguem algumas dicas que podem te ajudar:
Quem desiste sempre primeiro é nossa mente portanto:
-Mire em um oobjetivo futuro, uma viagem praia etc
-Treine com um parceiro ou personal, assim se sentirá motivado o tempo todo.
-Mude os estímulos com frequência isso ajuda a manter a motivação em dia.
No inverno nosso corpo aumenta o gasto calórico para manter a temperatura, aproveite essa forcinha e aumente a intensidade do treino.
O corpo do verão é construído meses antes essa é a melhor época para atingir seus objetivos de maneira saudável.
Treinar em qualquer época do ano pode ser um desafio, mas os resultados virão independente da época em que você treinar, quanto mais tempo (não em horas de treino) mas em qualidade que você dedicar mais qualidade de vida e um corpo mis harmonioso e simétrico você terá.

Dicas para quem vai começar a treinar

VAI COMEÇAR A TREINAR? PRESTE ATENÇÃO NESSAS DICAS!
Sempre que vamos começar algo novo bate aquela dúvida não é mesmo? Com o treino é a mesma coisa, por isso veja essa lista com as dicas pra você começar :
1-Faça um Check up
Procure um médico faça seus exames periódicos, e se possível procure também um ortopedista. Com a saúde já pode começar os treinos.
2-Aquecimento
Realize sempre antes de começar qualquer treino pois ele ajusta o corpo para o treino,
evita lesões , melhora o rendimento, promove adaptações
cardíacas .
3-Alongamento
Os exercícios de flexibilidade são importantes tanto, para manter a postura, quanto para o treino.
Uma musculatura alongada, permite a maior amplitude de movimentos durante a execução dos exercícios, permitindo assim que o treino tenha uma melhor qualidade.
Estes exercícios ainda atuam sobre lesões e dores lombares, o ideal é que se realize treinos periodizados de flexibilidade também afim de maximizar os ganhos da mesma.
Porém para treinar flexibilidade você pode fazer treinos isolados da mesma, não há necessidade de realizar alongamento antes e depois do treino
4-Consciência corporal
A consciência aqui referida é a capacidade pessoal de auto-conhecer-se em suas condições físicas. Ou seja, é você saber exatamente o que é e como é seu corpo , além daquilo que ele é capaz de realizar em termos de movimento. Isso implica desde curiosidades simples até explicações mais complexas.
5-Carga
Não utilize mais carga do que o necessário,
prejudicando assim a execução dos movimentos e também a qualidade do seu treino.
Bjos e bons treinos

Hack Machine


O Hack machine é uma variação do agachamento e um exercício bem completo, para quadríceps e glúteos, algumas dicas para que você possa utilizá-lo melhor durante os treinos
Ao se posicionar
-pés apoiados na plataforma na largura do quadril
– certifique-se que seus ombros estão projetados para trás e seu peito para frente
Durante o exercício
na descida: fase excêntrica- controlar o movimento contraindo bem o abdome
na subida : mantenha todo o pé apoiado na plataforma
Importante : Movimentos devem ser completos pelo menos a 90°
Cuidado para não hiperestender os joelhos.
Principais Músculos trabalhados:
Glúteo Máximo
Quadríceps Femoral beijo e bons treinos

Muito além do carga!


Variar os exercícios é sempre uma boa opção de novos estímulo para a mesma musculatura.
Para melhores resultados muitas vezes nos preocupamos única e exclusivamente com cargas, mas existem alguns fatores que devem ser levados em consideração para maiores e melhores resultados:
1- Nível do aluno e consciência corporal durante a execução dos exercícios
2- Métodos de treino: biset, triset, piramidal são alguns exemplos.
3- Número de exercícios por grupamento muscular
4- Quantidade de treino na semana
Neste vídeo:
Tríceps Coice no cabo
Execução extensão e flexão dos cotovelos
Músculos envolvidos: Tríceps braquial e Ancôneo

FIX IT!

Você pratica musculação mas muitas vezes não vê resultados?
Você pode estar cometendo alguns erros que podem prejudicar seus ganhos:
1-Não realizar movimentos com completa amplitude
É muito importante realizar movimentos com a amplitude total , assim conseguimos usar toda a nossa força na fase concêntrica ( onde fazemos a força ) e fase excêntrica do movimento .
2- Negligenciar algum grupo muscular
Frequentemente não gostamos de treinar esse ou aquele músculo, mas estéticamente quando
pensamos em simetria corporal, devemos pensar em melhorar nossos pontos fracos e isso inclui treinar todos os grupos musculares.
3-Treinar leve demais
Muitas vezes não utilizamos a carga ideal e nosso treino fica com baixa intensidade sendo assim menos eficaz, nosso corpo sofre adaptações e por isso é necessário mudarmos os estímulos com frequencia para que possamos ver resultados.
4- Treinar pesado demais
Quando colocamos mais carga do que aguentamos, não realizamos o movimento com total amplitude, sobrecarregamos as articulações e nossa coluna.
5-Não comer demais
Como já mencionei em posts anteriores nosso corpo precisa de carboidratos, proteínas e boas gorduras , por tanto ficar sem comer ou comer pouco impede o cresvimento muscular necessário.
Sempre faça refeições antes do treino!