Muito além do carga!


Variar os exercícios é sempre uma boa opção de novos estímulo para a mesma musculatura.
Para melhores resultados muitas vezes nos preocupamos única e exclusivamente com cargas, mas existem alguns fatores que devem ser levados em consideração para maiores e melhores resultados:
1- Nível do aluno e consciência corporal durante a execução dos exercícios
2- Métodos de treino: biset, triset, piramidal são alguns exemplos.
3- Número de exercícios por grupamento muscular
4- Quantidade de treino na semana
Neste vídeo:
Tríceps Coice no cabo
Execução extensão e flexão dos cotovelos
Músculos envolvidos: Tríceps braquial e Ancôneo

Exercícios Físicos e Gravidez

Motivada por uma querida aluna que está grávida decidi fazer este post para falar sobre atividades físicas e gravidez
Se sua gravidez  for completamente saudável e se seu médico liberar a prática de atividades físicas não há porque não praticá-las.
Algumas observações devem ser feitas:
Gestantes que já praticavam atividades físicas anteriormente podem e devem continuar praticando, porém com menor intensidade.
Algumas considerações para que você possa começar a praticar atividades físicas:
-Gestantes devem realizar exercícios de resistência de forma controlada e lenta.
-Durante a prática de atividades físicas deve se controlar os batimentos cardíacos da gestante a frequencia deve ser mantida no máximo a 140 bpms
– Deve se controlar a pressão da gestante
– Deve se trabalhar exercícios posturais afim de evitar dores nas costas principalmente lombares.
-Evitar exercícios com alto impacto
Vou tentar fazer uma sequência de posts sobre exercícios para gravidez!
Postem suas dúvidas!
bjos

Resultado nos treinos ,planejamento e periodização

Quando iniciamos nossas atividades físicas principalmente na musculação, é normal
que  achemos que para melhorar nosso desempenho a única maneira é aumentar a carga do treinamento.
Porém quando se trata de treinamento desportivo podemos observar seus diversos princípios os quais norteiam
a base de treinamento e a periodização que deve ser individualizada de acordo com estes mesmos princípios.
Para montarmos uma periodização adequada é necessário que observemos:
 
Objetivos do treinamentos→Programa de treinamento→ Método de treinamento
Quando temos bem claro estes 3 pilares podemos daí utilizar diversas técnicas para a melhora do desempenho durante o treino
-Intensidade do Estímulo
-Densidade do estímulo
-Frequência do treinamento
-Duração do estímulo
-Volume do estímulo
Quando passamos a entender e  que o treinamento não se refere apenas ao volume quantitativo  mais sim a qualidade de cada um desses itens aplicados rigorosamente e no momento certo de cada uma das fases da periodização podemos então esperar resultados diferentes e quebra de hoemeostase.
Tudo isso aliado a execução correta e adequada de cada exercício otimizando ainda mais os benefícios os estímulos que cada exercício pode proporciona, podemos então obter um treinamento de qualidade.
Então para ter ganhos significativos :
Planeje
Direcione
Siga corretamente a periodização e as intruções adequadas para um bom treinamento.
 
bjos e bons treinos